quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Dilaema

"Só nós sabemos o quanto
Crescemos os dois
E é pouco tempo p'ra viver
E reviver desilusões
Procuramos os defeitos
Mas o que nos juntou é o que temos de bom
Contratempos fazem parte do esquema
Mas escuta por favor
A vida não é um dilema

Observo-te enquanto repousa o teu corpo
Mas o orgulho não dá espaço às tréguas
E em pensamentos rejeito o que tanto quero
E não assumo o que tanto quero
Tu és Norte e eu sou Sul
Mas somos fruto da mesma terra
E no fundo temos a mesma cor
E o que sentimos é amor

Por vezes eu sei que vou falhar contigo
Mas acredita, melhores serão sempre as minhas intenções
Por vezes eu sei que vou falhar contigo
Mas acredita, melhores serão sempre as minhas intenções"

I.