sábado, 26 de abril de 2014

Vícios 29#

Andava a procura de músicas boas para fazer exercício e esta aparecia numa lista. Fiquei logo viciada, assim que oiço esta música perco logo a preguiça e só tenho vontade de saltar. 





I.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Amar é tudo


Tudo aquilo que se escreve que é. Não é fogo. Não são borboletas. Não são lágrimas. Não são risos. Não são fodas. Não são poemas. Não são cartas. Não são músicas melosas. Não são músicas arrebatadoras. 
Mas não deixa de ser isso tudo. 
Amor é ação. Constante. Contínua. Amor é prática. É realidade diária do que se faz a quem se faz com o prazer e gosto de se fazer. É o beijo de manhã. O abraço à tarde. O sexo à noite. Tudo feito sem se dizer que se faz. Fazendo-se apenas porque se quer. Porque tem de ser. Bem cá de dentro nos obrigamos ao que fazemos quase sem controlo.
Amor não é dizer 1500 vezes amo-te. Amor é mostrar 1500 vezes que se ama. Palavras leva-as o vento. Leva-as a memória quando aquilo tudo que nos lembramos nos faltar. Mas a mão na mão. Na palma de pele gretada pelos anos está lá. Para se sentir em movimento, em presença, no presente. Fazendo. Sentindo. Amando.  "

Li este texto aquiRevi-me nestas palavras, amor é muito mais que palavras, são actos permanentes por mais pequenos que sejam, valem sempre a pena.


I.