quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

"No hay que llorar que la vida es un carnaval y es más bello vivir cantando"

Gostava de ser rainha de bateria de uma escola de samba, juro que adorava! Fico fascinada com elas, estão com fatos lindíssimos (minúsculos mas lindos) que pesam um bocado, com saltos altíssimos e com o samba no pé que é uma coisa doida. 
Penso que ficaria um espanto (que convencida Iva!), aquele espírito que só o Carnaval carioca tem tão contagiante nem iam notar diferença mas juro que dançava como se o mundo fosse acabar e ia ser a rainha mais animada de sempre.
Para além das rainhas de bateria, gosto imenso do casal mestre-sala e porta-bandeira, acho que são qualquer coisa! Gosto gosto gosto e tenho dito. 
Um dia, irei passar o Carnaval no Rio e com sorte sou rainha de bateria (sonhar é tão bom!).


 Aqui ficam umas imagens:

  
Gracyanne Barbosa, rainha de bateria da Unidos da Tijuca vencedores de 2012

Sheron Menezes, rainha de bateria da Portela

 Viviane Araújo, rainha de bateria da Salgueiro

Raíssa, rainha de bateria da Beija-Flor

O meu fato preferido é o da Viviane Araújo, fiquei logo apaixonada é fabuloso.


I.